sexta-feira, 25 de abril de 2008

"Duas Caras" Forçaram e se deram mal!

A “Plim-Plim” se perdeu e teve de abortar o fim de uma novela que poderia prometer , no mínimo, uns 180 capítulos, caso não forçassem tanto a barra, chegando a ultrapassar os limites da realidade que temos e vivemos em nosso dia a dia, no cotidiano, que não corresponde a este “mundo mágico” de “miscigenação racial forçada” e outros cenários completamente estapafúrdios, que não encontram em nossa realidade base para estas tramas e roteiros novelescos.
Miscigenação espontânea e natural, ocorre sim em nosso país, sem nenhuma necessidade de um “empurrãzinho” da mídia, que até, em determinados casos , parece coisa de cotas e “inclusão” social.
O autor desta novela tentou o “intentável”, transformar a realidade em mentira conveniente para que se sentisse menos culpado em seus mais íntimos sentimentos e preferências , como qualquer outro autor, em maioria , homossexuais e de esquerda.
Não deu certo!
Sacaram?
Não deu!
Fazerem uma maioria engolir um estratagema insólito e irreal sobre a realidade brasileira resultou em fracasso de audiência e aborto da novela!
Qual o índice de interesse despertado pelo casal inter-racial?
Nenhum . Ficaram limitados a cenas no quarto com o bebê e demagogias de um avô racista se transformando em avô dedicado e apaixonado por seu netinho,porque vocês verão que a avó dele (do advogado)era negra , no final da novela.
“Arquétipos primordiais” não podem ser substituídos assim, sem uma base e referência histórica.
Acabou o casal polêmico entre o Evilásio e sua esposa “patricinha”.
Acabou tudo!
Não restou nada nesta novela! Nenhum amor romântico, nem entre o “ arfante e cabeludo de peito, Juvenal e sua “sereia tropical “ Alzira, ou fato que pudesse despertar a curiosidade e emoções do público.
Faltou o verdadeiro romantismo que este autor “homo” não soube transmitir a contento!
Tentar , tentaram, mas não deu certo e agora tentam de tudo para , pelo menos manterem a audiência nos capítulos finais.
Fracasso desta novela , anunciado e constatado.
Tentaram fazer a maioria engolir seus ideais e imagens e se deram mal!
Não é assim que o Brasil funciona em termos de cotidiano e vida real.
Um conselho para a “Plim-Plim”.
Escolham melhor seus autores e , por favor , menos “homos” ou autores mais radicais, para o bem de seus índices de audiência.
Num sistema democrático , a maioria manda e decide!
Entenderam ou precisam de um desenho?

PS:Sabem para qual final todos em todos os portais torcem? Para a união de Maria Paula e Ferraço!
Pois é... não deu certo , tentem outra , não deu...rsss..o romantismo entre um homem (macho) e uma mulher (fêmea) prevaleceu e sempre prevalecerá!

22 comentários:

msolangepereira disse...

Estou assistindo a perseguição, Antonio Fagundes já foi bom, fico aflita ouvindo ele falar, tenho a sensação que, terá uma síncope.

Pobre Lázaro Ramos, se antes tinha a promessa de ser o primeiro protagonista negro, acabou virando mais um coadjuvante, e olhe que o cara tem talento.Débora Falabella também desapareceu. Até a mocinha Maria Paula é uma chata de galocha só fala gritando.

E o que falar de Jose Wilker, cadê o "Roque Santeiro?",Renata Sorrah, ressuscitou a Nazaré, Suzana Vieira está tão esticada que, não consegue nem mesmo curvar, parece engessada.

O vilão Ferraço passará por uma arco-iris e ficará bonzinho, com certeza esquecerão todas as tramoias do cara, pelo simples fato de que, a novela precisa do final feliz da mocinha com o mocinho e o filhinho.

Além do mais nunca vi uma novela com tanto vagabundo,como esse povo consegue sobreviver?Ninguém trabalha nessa jocha?

Solange

Homero Moutinho Filho disse...

Solange.

-Perfeito. Só sobrou um casal sado-masoquista, A Maria Paula e o Ferraço.
Portanto , a "plim-Plim" não terá outra explicação e final.

msolangepereira disse...

Casal sado-masoquista ,gostei da definição, Maria Paula é o típico exemplo da frase"toda mulher gosta de um cafageste", não sei mas, acho que Agnaldo Silva ,odeia mulher, pois não conseguiu formar uma casal bacana nessa novela.

O mecanico, não se acerta com a ex piranha agora, mulher de boa índole.

Juvenal foi "largado"por Alzira sem que nem pra que,pelo simples fato de ela te-lo visto consolando a baranga adolescente.

Estou torcendo agora pelo romance do mecanico bonitão com nome de jogador com a irmã desbocada do Evilásio mas, do jeito que sou pé frio e Agnaldo Silva uma louca surtada, é bem capaz desse namoro micar também.

Sem contar que, até os mais jovens parecem todos assexuados, o povinho sem pimenta, desse jeito fica difícil.

Solange

Catia disse...

Solange e Homero!!

Acredito que já faz um bom tempo que não assistimos uma novela boa no seu todo.

A ultima, na minha opnião foi Cabocla, que mesmo assim foi um remake e passou no horario das 18hs.

Cidinha Cunha disse...

Boa madrugada Homero!
Já tem um bom tempo que os autores contratados da Plimplim perderam a essência de criar estórias que fascinavam os noveleiros brasileiros.
A novela que me prendeu a atenção foi Vale Tudo, com um final apoteótico do personagem de Reginaldo Farias dando banana dentro de um avião para o povo aqui embaixo.
No momento a única novela que gosto de assistir é Desejo Proibido, principalmente pela interpretação do ator Marcos Caruso como Padre Inácio e o Soldado Brasil. Pena que encurtaram os capítulos porque a audiência está baixa, vendo as chamadas da próxima novela Ciranda de Pedra acho que será um fracasso.

Anônimo disse...

Eu não sei vocês, mas eu gosto muito das novelas do Manoel Carlos, uma que gostei muito foi Por Amor, com Regina e Gabriela Duarte.
Dessas novelas que passam agora, só assistia mesmo Coração de Estudante, era uma novela que passava uma idéia de esperança aos jovens, de lutar para tornar o mundo melhor, passava uma conscientização ambiental... Sem contar que Adriana Esteves e Vladimir Britcha estavam perfeitos!
Qual o nome daquela novela em que alguém enterrava uma faca no pé de uma árvore? Eu gostaria que reprisasse essa, não me lembro muito bem dela.

Anônimo disse...

Insana

Homero e todos
bjsssss

Um dos vicios que não tenho é novela

mas teve umas que eu adorava

"Que rei sou eu" e " A Viagem", adorava o tema e a mini serie "Nos Quintos do Inferno"


Homero

mandei mas fotos do "Zoo"
heheheheheheh
bjssss

msolangepereira disse...

A novela que enterravam a faca na arvore, foi a Benedito Rui Barbosa
1° fase com Leonardo Vieira que agora faz aquela novela dos esquisitos(mutantes).
2°fase com Antonio Fagundes.
Se não me engano era O Rei do Gado, tinha José Wilker como o antagonista:estava perfeito, além de tudo muito divertido.

Sou da fase de boas novelas de Janete Clair e Dias Gomes,

Solange

Catia disse...

Solange, essa novela que enterravam a faca na arvore, foi a Benedito Rui Barbosa
1° fase com Leonardo Vieira que agora faz aquela novela dos esquisitos(mutantes).
2°fase com Antonio Fagundes.
Se chamava Renascer, que o Marcos Palmeira fazia um filho rejeitado. A do Rei do Gado tambem era com o Fagundes, mas ele fazia par romantico com a Patricia Pilar que era uma sem-terra.

Anônimo disse...

Discordo!

O racismo foi mostrado por diversos enfoques e posturas:
O avô, o falso subversivo(estudante), a favelada negra que defendeu o reitor, a bem resolvida condessa. TUDO FALSO, MAS PERFEITAMENTE COMPREENSÍVEL. O autor não se limitou ao casal inter-racial.
O seu texto é que não deixa dúvidas quanto ao preconceito..."homo", "patricinha" e etc..
O povão não fica analisando, analisando e analisando. Saca e pronto. Cada um veste o chapéu mais apropriado.
Entendeu ou precisa de um desenho?
Não vai publicar né? Gosta de detonar os outros e depois dá uma de santinho que quer manter seu blog em alto nível. Comece mudando seu discurso.
Quanto desprezo pelos outros. Você se acha, mas o importante é que você se enxergue.
Seu papel é crítico? Tá legal, mas aceite os comentários ou acaba se mostrando hipócrita.

Anônimo disse...

Como assim macho e fêmea?

Homero Moutinho Filho disse...

Anônimo das 19:37

-Não sabe o que são um homem e uma mulher?

msolangepereira disse...

Obrigado Cátia, tens toda razão,
Renascer era com Leonardo Vieira e Patrícia França não é?

Rei do gado,Patricia Pillar era boia fria.

E também teve a novela O Dono da Terra, sei que as tres foram escritas por Benedito Rui Barbosa, o único problema é que como ele gosta de escrever novelas em fases, penso que a primeira sempre é melhor, depois me parece que, perde a inspiração.

De vez enquando , vejo uns trechos da novela dos esquisitos mas, dou muita risada, é um tal de:"vou beber teu sangue" "vou comer a sua carne",que, o que era pra ser dramático se torna cômico, fora que tem uma vampirada canastrona,que fala babando ,como é mesmo o nome desses filmes que, foram feitos para serem terror e, acabam ficando engraçados?

Solange

Anônimo disse...

Olá, homero moutinho a verdade é só uma há que faz tempo não, aparece na globo uma novela da boa que prenda o telespectador com a cara na tv.Esse autor agnaldo silva é muito chato se acha o última bolacha do pacote o, problema dele é quer se aparecer, mais que a sua própria novela que ele escreve. Ele quiz fazer o tempo todo desde que começou a novela ser polemico o público quer ver uma boa história que prenda, estigue não um autor que dá pit e gosta de se aparecer a verdade só, tem uma o público que ver um bom romance pares romanticos que, combinem fiquei com pena da atriz marjorie estiano ela ótima atriz e cantora mais desde começo que dizeram que o par romantico que, ela ia fazer era o Dalton vigh eu falei na boa não combina com ela. Pra mim começou errado a seleção elenco de pares nada ver ngm nessa novela combina e a história em si, achei forçando demais e querer velar uma realidade existe sim, preconceito com pessoas negras e opções sexuais o brasileiro ainda precisa evoluir muito para aceitar.
Agora vou te dizer sabe o casal, que me predeu na tela foi diego e irís no bbb7 eu ficava colada no sofá pra n perder e homero te, garanto uma coisa pode até ser loucura minha mais e o que eu vejo no horário dessa novela chata das 9:00 horas o povo tá na net no, blog ex casal ali parace uma novela fora da tela tv querendo, notícias dos dois e estão com a irís no tv fama.
Alías, homero a irís já está com negociações com a redetv eles querem ela sim para renovar com, ela o contrato quem deu essa notícia no blog dele foi Flávio esqueci o sobrenome dele.
Agora eu queria saber se a irís vai se sair bem como atriz e se o filme fará sucesso?
Outra é o Diego ele vai voltar ter oportunidade na globo sei lá tá quieto não fala nada do futuro dele na platinada?
QUERIA FAZER UMA OBS EU ACHO QUE A, IRÍS NÃO FOI CULPADA POR TUDO QUE ACONTECEU NO TERMÍNO DESSE, NAMORO O QUE EU ACHO DIEGO ERROU FEIO ELE TEM PARCELA DE CULPA SIM, EM DIZER EM REVISTA QUE FOI SÓ FOI ATRAÇÃO MAIS EU ACHO QUE AGORA ELE SE ARREPENDEU SIM NO FUNDO ELE, GOSTA DELA MAS TÁ ENVERGONHADO NO QUE FEZ TÃO DIZENDO POR AÍ, QUE ELES PODEM VOLTAR NÃO SEI MAIS ELE VAI TER QUE REBOLAR PARA RECONQISTAR A IRÍS MAIS COM ATITUDES NÃO SÓ COM SUSPIROS.
UMA OPINIÃO PESSOAL MINHA OS DOIS, TEM MEDO DE SE ENTREGAR A ESSA RELAÇÃO.
ÚLTIMA PERGUNTA HOMERO FICO PASMA, ATÉ HOJE PORQUE A IRÍS PARECE TANTO COM A MÃE DO DIEGO A DONA MIRNA E NÃO COM A MÃE DELA O PROPRIO DIEGO CONFESSO QUE NA PERSONALIDADE AS DUAS SÃO IGUAIS UM POUCO AVOADAS. BJS ATÉ PRÓXIMA!!!

Homero Moutinho Filho disse...

Anônimo das 18:54.

-Não censurei seu comentário, embora tenha se excedido.
-"Patricinha" é como a irmã do Evilásio se referia à sua cunhada.
Não inventei nada, apenas citei o que o personagem dela significa.
-Ninguém pode ser perseguido ou discriminado por sexo, raça ou credo.
Sexo só existem 2, masculino e feminino.
"Orientação sexual" é "eufemismo para "desvio de comportamento", como está nos tratados de Psicologia.
Raças existem várias.
Credo e crenças também.
-Minha crença não aceita o homossexualismo como comportamento natural. É um direito que cada um tem, de seguir a sua crença ou religião e ter a liberdade de expressar a sua opinião.
-Não há lei que me faça aceitar ou aprovar o que não considero certo.
-Para mim, um homem de quatro sendo coberto por outro é o que há de mais humilhante e ridículo.
-Consegue imaginar; Jesus, Moisés, Buda, Maomé, Mahatma Gandhi, etc, numa situação assim?
Eu não.
-Problema de quem goste.
-Sobre a novela o autor extrapolou sim, perdeu o rumo, nenhuma trama colou, nem teve prosseguimento natural, modificaram o primeiro vídeo sobre a tentativa de assassinato do Juvenal porque a mão que segurava a pistola era a do Evilásio com pulseirinha e tudo.
-Agora o autor insiste em querer casar a "biba" com o "gigolô".
É só o que faltava para acabar de enterrar esta novela horrível.

Homero Moutinho Filho disse...

Para os que acreditam que as chamadas "conquistas sociais, avanços,etc, são frutos de uma evolução humana, devo lembrar que, no passado, tudo isto já existia em Sodoma, Gomorra e Roma antiga.
Todas as 3 foram destruídas por seus pecados.
Portanto, não é "evolução" é "involução".

Anônimo disse...

Filsmes Trash Solange, acho que é isso!
hehehehe... de vez em quando mudando de canal passo por aquela novela e ela smpre me faz rir... é realmente engraçado!

Anônimo disse...

Eu sei sim.
Eu perguntei em que sentido você escreveu?
Você estava falando de um machão-cachorrão e uma fêmea-submissa-frágil?

Homero Moutinho Filho disse...

Anônimo das 20:46.
-Claro que não.
-Um casal normal, romântico, sem exageros nem estereótipos.

Catia disse...

Novela tem muito mas ingredientes do somente uma boa história, tem a química dos atores, o casal Julia e Evilásio no meu conceito teve quimica, por muito tempo foi o carro chefe da novela, mas novela dura quase um ano, tinha que vir outros, aí não veio. Porque não vi quimica entre o casal principal. A historia pincipal não teve aquele plus. Mas isso já tinha acontecido na novela anterior, as tramas paralelas ganharam força. Vide Bebel e Olavo.

Homero Moutinho Filho disse...

catia.

-Talvez a química tenha rolado só no início. Depois vimos um Evilásio que antes era somente um capanga e ameaçava os devedores do Juvenal com violência, se transformar num baluarte da honra, honestidade e justiça. Algo meio forçado em tão curto espaço de tempo, não acha?
Mesmo considerando a influência de sua esposa mais conscientizada, mudanças e transformações radicais assim não acontecem tão facilmente.
O pior foi ele ter seguido os passos do patrão e se candidatar a vereador.
Se tivesse assumido uma atitude apolítica, lutando pela honestidade e combatendo a corrupção autoritária, do Juvenal, talvez tivesse mais sucesso como personagem e desse mais espaço para a atriz que faz o papel de sua mulher, ao invés de a vermos somente carregando bebê .

Cidinha Cunha disse...

Boa noite Homero!
Hoje assistindo a novela Desejo Proibido foi lindo ver um show de interpretação dos dois atores Lima Duarte e Marco Caruso.
O ator Rodrigo Lombardi, que fez alguns personagens babacas em outras novelas, está interpretando muito bem o seu personagem Ciro Feijó.
A Grazi Massafera também está desenvolvendo muito bem o seu papel, calando a boca de atrizes que a criticaram.
O autor Walter Negrão escolheu muito bem os atores e atrizes para esta novela, é uma estoria cômica que até esquecemos que é uma novela de época.