sábado, 3 de abril de 2010

Bin Laden está no mesmo lugar!

Que previ em 2001 em meu outro site do HPG."psyworld. com!"!
Na fronteira entre o Afganistão e Paquistão!
A visão que tive dele com um pano branco na cabeça, conforme disse no site anterior, confirmada depois em vídeo exibido pela mídia, seus pensamentos e temores , como apareceram, demonstram que temos uma espécie de ligação e contato "cármico" ou sei lá o que seja.
Serei eu um "terrorista"?
Ou um semita suicida?
Ele está vivo ainda.
Mas isto não quer dizer nada , pois atrás dele estava a CIA norteamericana e governo Yankee, pois o apoiaram contra a Rússia!
Bin Laden terá um futuro paradisíaco ou funesto?
Dependerá do seu "carma" e vontade do poder da Águia maior yankee!
Prefiro torcer pelos que sofrem as agruras diárias de não terem água, e resistirem como vítimas de um "holocausto" como os palestinos de hoje que até judeus humanitários apoiam e ajudam , sofrendo e sendo aprisionados em protestos.
Judeus serem torturados e aprisionados?
Sim!
Isto acontece cotidianamente com militantes judeus conscientes,não sionistas, que rejeitam a discriminação, se revoltam e lutam pela convivência pacífica, irmandade e igualdade entre os filhos de Abraão!
Viva a resistência dos jovens judeus e seus líderes em pról da liberdade e Shalom Adonai Ayin Soph Aur!

PS: considero os judeus e palestinos que lutam pela igualdade e justiça entre irmãos de sangue, verdadeiros heróis da resistência e busca da paz!

8 comentários:

luciana disse...

homero
penso o mesmo
sempre achei que o bin laden ainda estivesse lá
as vezes chego a pensar besteira
achando que os proprios americanos sabem disso
e sustentam essa açao terrorrista
nao sei
mas penso o que isso pode fazer com a economia no mundo
eles pensam muito em dinheiro
ex na epoca do bush quando houve a guerra no iraque
o bush logo quando foi eleito ja falou para o lula que haveria guerra
depois fiquei sabendo que a empresa ou fabrica de armas nos eua pertence a familia do bush
guerra lucro pessoal para ele
isso é deprimente
bjs

Juju disse...

Paz?Creio q em breve esta palavra poderá ser expulsa do nosso vocabulário.Ela está cada vez mais distante do nosso convívio diário, é "jóia rara"de se ter, conquista de poucos, sonho pra grandes nações...Queria viver no meu mundinho de 20 e tantos anos atrás, onde onde prédios não precisavam ser destroçados com pessoas dentro pra se demosntrar poder,onde não se ouvia falar em pedofilia todo dia, onde eu não precisava ver crianças serem arrastadas pela rua em carros nem jogadas de janelas por seus pais, onde pai não matava filho nem filho matava pai,pessoas não precisavam se tornar bombas humanas pra lutar por seu país.Mas esse era só o meu mundinho, o mundo q vivo hoje é esse q vc acabou de me lembrar Homero.Não queria ter o dom q vc tem , pois vc deve ver verdades q ninguém vê, coisas dolorosas q não podemos mudar, prevenir sim , mas não mudar!

Anônimo disse...

Tiricotico disse...


Tomara,tomara!

gauchinha disse...

penso o mesmo, e durante minha vida em Londres maioria dos meus amigos eram arabes e judeus que conviviam muito bem, os mais esclarecidos nem cogitam uma rivalidade entre judeus e arabes..e uma pena!!!isso acontecia somente nas areas mais pobres e mais "nao civilizadas" na Grande Londres, e Deus ajude os que sofrem nessa causa, bjaooo

Sol disse...

Boa tarde Homero!

Na minha opinião, a "coisa" funciona assim, os estadunidenses( gostou do novo termo?) sabem onde o "amalucado" está, mas por serem os responsaveis pelo treinamento da cobra peçonhenta durante a invasão do Afeganistão, pelos russos, preferem mantê-lo apenas monitorado, vá que, precisem dos "favores" do "doido" novamente?

Sabemos que fora de Israel arabes e judeus conseguem conviver de forma pacífica, mas temos que considerar, que lá, existe um motivo real para a pendenga, a disputa é, por espaço, terras férteis e principalmente água.

Acredito,que se um dia, este conflito, chegar ao fim, os dois povos entrarão em extinção, por pura depressão profundo,já virou uma relação simbiótica.
Um precisa do outro para manipular o resto do mundo.

Solange

Gabriela disse...

Penso o mesmo Homero.

"luciana disse:
as vezes chego a pensar besteira
achando que os proprios americanos sabem disso e sustentam essa açao terrorrista"


Não acho que seja besteira pensar assim. Eu mesma, penso e acredito nisso. Tenho certeza que eles sabem!

Vanessa Costa disse...

Infelizmente enquanto a guerra for "lucrativa", a paz será sempre uma utopia.....que Deus tenha misericórdia deles e de todos nós!!!

Paz e Amor entre os irmãos é o que eu anseio sempre...(",)

Boa noite a todos e excelente final de sábado!!!! Saúde e Paz!!!!

carminha disse...

Solange,
não pude conter a risada ao imaginar a cena do que disse:
“se um dia, este conflito, chegar ao fim, os dois povos entrarão em extinção, por pura depressão profundo”
Imaginei, os dois povos, um de cada lado, prostrados e encostados no Muro das Lamentações.
Por favor, desculpem a brincadeira. E caso algum leitor e/ou comentarista deste blog, for
palestino ou judeu, não interpretem como ofensa.
Deixando a brincadeira de lado, esta questão é complicada,
será que a região em alguma época viveu em Paz ?
Não podemos esquecer que o estado de Israel, foi criado digamos
num “acordo” pós Segunda Grande Guerra.
Sei lá, pode ser a maior besteira o que vou falar, mas parece um “karma” geográfico.
Quanto a Bin Laden, o que dizer ? Não consigo entender o que o motiva, qual é seu
real objetivo?
Na minha ignorância da questão, digo apenas que não faço a mínima idéia.