sábado, 15 de outubro de 2011

"Seres humanos"...Deus existe?

Analisando a História, veremos que a humanidade é retardada, involuída e carente.
Não há como sair desta constatação e, sem dúvida alguma, o nosso planeta não é "pacífico" nem "ideal!, pois o que temos é, bichos comendo bichos e gente comendo gente!
Portanto, sem essa, de que poderemos ter um "paraíso" a frente, pois jamais o teremos.
Somos um grupo de almas penadas, apegadas a desejos terrestres materiais e nada mais do que isso! Não existe o tal planeta "sugador"; "Capella" , que retirará daqui todos os que não prestam!
Isto é blefe. Se retirar , a Terra não terá nem um milhar de habitantes,rsrsrs. Isso aqui é um "manicômio universal espiritual". Nada mais do que isso!
Vejam o comportamento de fãs de seus ídolos, de torcedores de futebol e militantes de partidos políticos.
Chegam a ser "surreais" e inimagináveis, em agressividade, parcialidade e fanatismo totais,as manifestações humanas.!
Infelizmente, a maioria da população mundial é , primitiva, carente ou retardada!
Necessita de liderança expressa e atuante, ou não mais teríamos algo chamado "civilização" nem leis.
Faz parte do condicionamento de massas, desde as primeiras experiências do método "GESTALT" de Psicologia Comportamental", principalmente coletiva, feitas ainda sob o regime "hitlerista" durante a segunda grande guerra mundial e hoje aplicada e usada até por empresas de propaganda, fazer uso de "arquétipos" primordiais e secundários, para mobilizarem e persuadirem as massas.
Assim fizeram magistralmente, o talentoso mestre da propaganda nazista; Goebbels e outros publicitários norteamericanos e europeus, milionários de nossa época atual.
O povo é "doentio, carente e involuído! Esta é a constatação de qualquer empresa de propaganda e o que ensinam aos seus funcionários!
Elas têm até dados estatísticos, que provam as diferenças entre classes sociais e culturais na hora de decidirem uma simples compra numa loja.
Os mais , digamos, "mentalmente evoluídos" terão de se conscientizarem , que estão neste "manicômio", unicamente por um imperceptível dado, mas o principal. O SEXO!
E as atrações sensoriais e materiais da vida. Nada mais do que isso
Ou estariam em outro planeta mais evoluído!
!Nesta hora, não importa o desnível mental e evolução, pois o sexo e os desejos materiais igualam os semelhantes, não importando seus níveis educacionais, mentais, intelectuais ou espirituais!
O sexo iguala um intelectual a um aborígene da Austrália ou um refugiado faminto de Ruanda (África).
Notem bem isso!
É o sexo , o desejo sensorial e material, que nos iguala e nos prende a esta vibração terrestre!
Não existirá "paraíso" enquanto o único prazer for o do ato carnal!
Quem quer que tenha praticado a Yoga, mesmo que não tenha ido aos extremos, de despertar a perigosa energia "Kundalini" como eu fui capaz , sabe que existem outros métodos para um "orgasmo espiritual" e prazer experimentado,,pela meditação, sem sexo.
Em 1969 ,durante o evento mundialmente conhecido; "Festival de Woodstock", vários viciados em drogas foram salvos, pela ação de grupos de mestres em Yoga, que os mostraram como atingirem seus "êxtases" espirituais e existenciais, por outros métodos.
Sexo não é tudo na vida.
O prazer de se atingir um "Samadhi" ou "Nirvana", é algo indescritível!
Não orientem suas vidas pelo prazer sensorial e carnal, objetivem valores maiores humanos, sejam mais abertos e simples, não dependam de nada exterior para serem o que são e querem continuar sendo, nem por pressão da sociedade ou receio de serem rejeitados.
Existe um paradoxo na vida.
A "complexidade da simplicidade". Escrevi isso numa prova ou teste para conseguir um grande emprego numa área do Direito que detestava . Fui elogiado pelo provável "patrão", mas ele me conhecia e sabia com quem estava lidando. Não com um advogado restrito a tarifas tributárias, mas um "artista", um músico, compositor, escritor, "idealista". Sempre fui assim, jamais me violentando nem sendo o que não sou.
"Ser humano" e matar animais, torturá-los, não ter a menor sensibilidade, ser hipócrita ao comprar carnes nas prateleiras de supermercados e depois dar uma de "sensível", conviver com o "stress" , a insegurança, o medo , a angústia e ansiedade, não é viver plenamente.
É viver "aparentemente", recheado de ocupações e compromissos, sempre tensos e múltiplos no cotidiano. O "Judô" do filho, o "Ballet" da filha, as compras no shopping, a academia, a volta ao lar e providências, enfim, uma vida atribulada, recheada, porém não satisfatória ou gratificante.
Ousem algo maior, mesmo que isso signifique para vocês uma "morte social"!
Saiam do "contexto", ouçam o que diz os seus corações e necessidades intuitivas!
O coração jamais mente!
Ele é a sede de nossa alma, como dizem os indianos e orientais.
Nossa mente é apenas um "hardware", que se utiliza de um "software", construído em sinapses neurais, durante nossas vidas , somente isso, um "equipamento biológico, como se usássemos um "escafandro", para irmos em viagem ao fundo do mar, mas o coração não!
Ele é a sede de nossa alma, quem dita quando parará ou não de bater e nenhum médico ou cientista jamais soube explicar como é que esta energia se comunica e nos mantem vivos!
Quando a Medicina disser que "Deus existe", ficarei satisfeito!

16 comentários:

Anônimo disse...

Cara! Vc. Nao tem ideia de um evento que acabei de chegar. Inaugaracao de Iate..e leio isso..Quem pirou?
Eu e vc? Nos ou eles? Tinha gente legal la...........Mas era a minoria da minoria. Que bosta!

Anônimo disse...

Nossa, que texto maravilhoso que você escreveu, parabéns.

Anônimo disse...

Nossa amigo,ontem eu vi um vídeo que está rolando na internet de um paparazoo e o que rola nos bastidores e fique impressionada.A pessoa conversou com o fotógrafo e sabia que estava sendo filmado e agiu de acordo com o que pediram. Quando o vídeo foi passado na tv eles cortaram muitas coisas e parecia que era uma outra imagem. Televisão é uma fábrica de ilusões, as pessoas vivem de aparências.

Anônimo disse...

Ai amigo escrevi errado, é paparazzi.

Shadow disse...

"Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos". (Fernando Pessoa)

Esse é o diferencial de quem arrisca e se projeta no mundo em busca de mudanças, daquele que está voltado para si e seus desejos mais imediatos e não progride.

Em tempo: Parabéns por mais um bingo! Era difícil imaginar a vitória da Joana diante do esquema da “titia”. Diante das opções, foi o resultado mais justo.

Boa semana!!!

Anônimo disse...

Eu acredito! Deus existe.

Grazi Massafera está grávida de Cauã Reymond: 'Estamos muito felizes'

http://ego.globo.com/Gente/Noticias/0,,MUL1676191-9798,00-GRAZI+MASSAFERA+ESTA+GRAVIDA+DE
+CAUA+REYMOND+ESTAMOS+MUITO+FELIZES.html

leiuska disse...

Parabens pelo texto, simplismente maravilhoso é isso ai.

sonli disse...

Sinto falta de seus textos, Dá notícias.

Oliveira disse...

Olá Homero,

Infelizmente e/ou felizmente estamos condicionados nessa esfera a seguir a lei de causa e efeito, onde muitos nem se quer compreendem que somos frutos das nossas imperfeições e por causa delas há repercussões em nossos processos conscienciais pouco compreendidos e pouco discutidos. O seu texto levanta diversos questionamentos, aos quais ainda não estamos aptos a refleti-los adequadamente sem que para isso, antes tenhamos que realizar uma reformulação interna.


Lei de Causa e Efeito

"Na patogênese da alienação mental, sob qualquer aspecto em que se apresente, sempre defrontaremos um Espírito falido em si mesmo, excruciando-se sob a injunção reparadora, de que não se pode deslindar, senão mediante o cumprimento da justa pena a que se submete pelo processo da evolução.

As Soberanas Leis, que mantêm o equilíbrio da vida, não podem, em hipótese alguma, sofrer defraudações, sem que se estabeleçam critérios automáticos de recomposição, em cujo mister se envolvem os que agem com desregramento ou imprevidência.

Sintetizadas na lei de amor, que é a lei natural fomentadora da própria vida, toda criatura traz o gérmen, a noção do bem e do mal, em cuja vivência programa o céu ou o inferno e aos quais se vincula, nascendo as matrizes das alegrias ou das dores, que passam a constituir-lhe o modus vivendi do futuro, atividade essa pela qual ascende ou recupera os prejuízos que se impôs.

Não há, nesse Estatuto, nenhum regime de exceção, em que alguém goze de benção especial, tampouco de qualquer premeditada punição.

Programado para a ventura, o Espírito não prescinde das experiências que o promovem, nele modelando o querubim, embora, quando tomba nos gravames da marcha, possa parecer um malfadado "satanás", que a luta desvestirá da armadura perniciosa que o estrangula, fazendo que liberte a essência divina que nele vige, inalterada.

Quem elege a paisagem pestilencial, nela encontra motivos de êxtase, tanto quanto aquele que ama a estesia penetra-se de beleza , na contemplação de um raio de Sol ou de uma flor, inundando-se de silêncio íntimo para escutar a musicalidade sublime da Vida.

Não existe, portanto, uma dor única, na alma humana, que não proceda do próprio comportamento, sendo mais grave o deslize que se apóia na razão, no discernimento capaz de distinguir, na escala de valores, as balizas demarcatórias da responsabilidade que elege a ação edificante ou comprometedora...

Só Jesus viveu a problemática da aflição imerecida, a fim de lecionar coragem, resignação, humildade e valor ante o sofrimento. Ele, que era Justo, de modo que ninguém se exacerbe ou desvarie ao expungir as penas a que faz jus.”

Autor: Manoel Philomeno de Miranda
Psicografia de Divaldo Franco. Livro: Nas Fronteiras da Loucura


Um grande abraço!

Homero Moutinho Filho disse...

Obrigado.

Aproveitei para dar uma "respirada" após a "Fazenda 4" e tentar colocar em dia meu trabalho acumulado. Aos poucos retornarei ao normal.

Ainda estou no Rio de Janeiro, pois tive de adiar meu retorno por causa de assuntos com datas marcadas, a resolver para os meus pais , mas eles estão muito bem cuidados.

Anônimo disse...

oi homero!
saudades dos seus textos.
eu concordo com vc. a humanidade já era faz tempo .nesse mundo tudo é voltado para o dinheiro e sexo .evolução neste mundo acho dificil demais.
na verdade poucas pessoas lembram de Deus.....

marcia fatimma

Anônimo disse...

homero,volte a falar dos insanos.beijos em teu coracao ,parabens pelos bingos.

Anônimo disse...

Amigo, o Diego fez uma participação numa novela, será que ele vai virar um ator?

Admiro Homero.com disse...

Amigo vc e um genio ( e do Bem), raro neste mundo e ainda mais no Brasil e este texto e TUDOOOO e mais um pouco...mas uma coisa que sempre me deixa atonita?por que vc comenta no BBB e FAzenda??como vc aguenta assistir amigo??vc nao vomita??eu nao consigo assistir mais do que uns 30 segundos..nao tem nada a ver c voce esses programas..??question mark??

Anônimo disse...

Parabéns Homero, lindo e verdadeiro texto.

Se Deus existe ou não, eu não sei, o que sei é que nós, intitulados como humanos precisamos acreditar na Sua existência e poder.

Infelizmente quando nos deixamos guiar pelo nosso coração, somos taxados de esquisitos e extranhos, pela maioria que prefere ser e ter vida de gado marcado, mas desistir nunca pois apesar de tudo ainda há esperança. Para mim o ser humano já chegou ao fim do poço ou está bem próximo disto e sendo assim ou fica lá ou volta. Vamos aguardar!!!

Bem vindo, Homero, de volta ao mundo fora do confinamento dos RS.

Bjs

Andréa

Anônimo disse...

Lógico que DEUS VIVO ele existe e está VIVO e atuando em corações que obedece e o teme e faz ele do seu ÚNICO SENHOR DEUS ele muito claro na sua PALAVRA DEUS DELE.
Quer queira ou não que acredite na existência DELE. bjs Hadassa!!!!!!!!!!!!