quarta-feira, 7 de julho de 2010

Zé Rodrix.Um talento inesquecível para mim.



De repente, em meio a tantos assuntos, principalmente sobre a copa, recebi uma vibração estranha, que me remeteu a um passado de quando era compositor, intérprete de minhas músicas nos famosos festivais de MPB que mobilizaram gerações.
Um nome ao qual já dediquei um texto, por ocasião de seu falecimento, me veio à mente agorinha, sem a menor razão ou oportunidade de assunto, mas recebi a vibração e quero dedicar meu mais profundo respeito e admiração como ex-músico, intérprete, compositor e arranjador ao cara mais talentoso que conheci em minha época de sucesso, "Zé Rodrix", que dominava, não só a harmonia, os arranjos musicais e tocava diversos instrumentos, mas foi mais conhecido pelo seu poema em canção; "Eu quero uma casa no campo", gravado por Elis Regina.
Lembro-me até hoje , de quando cheguei no teatro onde você tinha uma peça, que se assemelhava em tema com a minha música no festival e me recebeu de braços abertos, dizendo; abram alas para ele compositor da "Alice" no festival.
Interpretem como quiserem esta minha súbita e repetida lembrança de meu contemporâneo de festivais em talento na época, Zé Rodrix, que deslanchou posteriormente na propaganda em "jingles", que muitos não sabem que eram dele na TV e fizeram o maior sucesso como a da Pepsi-Cola.
Espiritualmente, senti esta necessidade de lembrar dele, sei lá, mas ele merece nossa admiração e respeito como talentoso músico e compositor total e raro.
Nem me lembro quando faleceu, mas não importa e sim o que aconteceu agora e recebi esta sensação e "presença" dele.
Meu querido, talentosíssimo e modesto companheiro de música, muita luz e que Deus o proteja sempre adiante, onde você possa "plantar" seus amigos de fé.
Zé Rodrix.
Eu também quero uma casa no campo...

13 comentários:

Sol disse...

Goste demais da música "Eu quero uma casa no campo", tem tudo a ver com o meu maior sonho.Quem sabe um dia?

Esta vibração, pode ter sido uma visita rápida de seu amigo.

Com tantas "músicas" ruins sendo "compostas" e fazendo sucesso,muitas vezes é preciso voltar no tempo e relembrar os antigos e verdadeiros talentos, só para não perdermos a capacidade de gostar de coisas boas.

Solange

Homero Moutinho Filho disse...

Sol.

Foi forte, sem a menor explicação dentro de uma fase de postagem sobre outros assuntos e realmente o senti agora.
Karacas!Todas as músicas dele voltaram.
Deus o tenha.
Meu "abração" ele sabe que tem sempre.

Sol disse...

Bom dia Homero!

Acho errado, mas não consigo evitar a comparação, até as melodias de "antigamente" tinham mais qualidade e olhe que as dificuldades eram muito maiores, para alguém se firmar no cenário artístico, era preciso ter talento e Zé Rodrix, tinha de sobra, além de ser bem divertido.

Olha só, o que ouvi de manhã;

O "nosso" digníssimo está em Zâmbia, em sua missão " mama África" e deverá estar presente no lançamento da Campanha Brasil na Copa em 2014, que acontecerá hoje com a presença de algumas personalidades brasileiras (fico pensando no nível das personas, nossos representantes, afff.!)bem, enfim!, perguntaram ao "homem" se ele estará presente na final da Copa no domingo e a resposta foi negativa, dizendo estar muito "desanimado" com a eliminação do Uruguay, o último representante da América do Sul.

Como é possível, que ainda não se deu conta da uruca, que carrega no lombo?, é só verbalizar a torcida e pronto! lá vai o pobre Uruguay, gramar mais 4 anos de espera.

Solange

Ana disse...

vc é parecido com ele,rs(pela foto,claro)

Ana disse...

pelo pouco que li aqui onde vc fala sobre o local que vive,imaginava que vc já tinha "uma casa no campo..."

Sol disse...

Olá Homero,

Nossa!!!, esta semana, foi pesada não!?, bom seria, se só tivessemos noticias boas para comentar, uma pena, que a seleção, não tenha se classificado para a final, assim, teríamos outro assunto para dividirmos a atenção.

Estou ficando impressionada, com tanta crueldade anunciada nestes dias, fico pensando em que mundo estamos vivendo, voltamos a época da barbarie, onde as diferenças eram resolvidas com derramamento de sangue, me pergunto, do que vale as leis e justiça, se não são aplicadas e nem respeitadas?

Solange

Homero Moutinho Filho disse...

Eu moro numa ampla casa no interior e cercado de verde como a foto do stélite que postei mostrou, porém, ainda é pouco, pois espero me isolar mais ainda no meio do mato, num sítio.

Homero Moutinho Filho disse...

"satélite"

roy disse...

homero sobre o caso bruno tdo indica que esse corpo nunca + aparecera pq foi um profissional da area que deu sumiço, pode ate ter derretido ou triturado tdo ou sei la o que + , mas se tiver sobrado apenas um ossinho ja e considerado corpo e isso e possivel mas onde encontrar ? pois e , queria saber se vc ja viu um rpogama na tv a cabo não sei se no discovery sobre videntes que ajudam a policia a achar corpos e desvendar crimes qdo esses se tornam dificeis d+ , alguns detetives recorrem a esses videntes extra oficialmente e obtem sucesso , não seria o caso ? vc conhece alguem no brasilcom esses dotes ?

Homero Moutinho Filho disse...

Roy.

Eu faço isto e já desvendei os casos Madeleine e Isabela,como postei à época, antes das polícias , logo no primeiro dia, porém, não conheço mais ninguém em nosso país que possa ou faça isto nem desejo de nossas autoridades de se envolverem com "paranormais".
O que eu disse sobre a esposa do Bruno mantenho como indício de ter sido a que mais o pressionou , sendo uma "mentora" direta ou indiretamente envolvida no fato.

roy disse...

homero mas o corpo sera que ele ou o que sobrou dele ainda existe ou e possivel um corpo sumir por completo atraves de algum processo ? vc acha que encontrarão alguma parte do corpo nesse tal sitio do carrasco ? ou sera que ele nesse tempo todo ja trataou de sumir com o que sobrou ?

Homero Moutinho Filho disse...

Roy.

É simples.
Se o tal ex-policial lançou a mão dela para os cães Rotweillers, pode ter dado o resto e ai sumirá tudo, porque cães daquele porte partem e comem quaisquer ossos, humanos ou não.
Tenho mais de 20 cachorros atualmente, já criei mais de 100 e sei o que digo, apesar de não alimentá-los com carne humana, só ração, rsrsrs.
Se tivessem enterrado, incinerado ou concretado o corpo, haveria vestígio recente.

KIKA ROSA disse...

Oi, Homero, bom dia. Que que saudades do Zé! Sempre lembro dele e minha neta de 14 anos gosta qdo canto para ela "Soy latino americano..." Mas a minha preferida é Uma ilha deserta. Kika Rosa